Barrinha

Love Yourself!

Love Yourself

Autenticidade é uma virtude (no sentido aristotélico) que é desenvolvida ao longo do tempo, através do cultivo de outras características como a honestidade, discernimento, raciocínio lógico. Mas nada pode garantir que, se você é fiel a si mesmo hoje, você vai ser fiel a si mesmo também amanhã. 

Ser autêntico significa discernir como você  muda para canalizar essa mudança em uma direção que seja coerente com a sua própria história, valores, paixões, emoções, desejos e necessidades. 

Confesso, não tem escolha perfeita aqui! Se você não se reconhece, se ama e aceita as suas mudanças, a vida faz isso por você!

Última atualização em Segunda, 24 Junho 2013 11:36

Acessos: 3289

Sabotadores da Grande Manifestação

Grande Manifestção

 

Não posso deixar de prestar a minha solidariedade aos colegas de profissão que se arriscam todos os dias para assegurar o direito fundamental do cidadão a informação. Nas imagens acima não há policiamento para proteger os trabalhadores. Pior ainda é a agressão desta com os jornalistas em várias cidades.

 

Que a justiça seja feita!

Última atualização em Segunda, 24 Junho 2013 11:37

Acessos: 15407

Let's Dance

Última atualização em Sexta, 07 Junho 2013 20:27

Acessos: 2895

Vida longa à George Schaller!

George SchallerFoto: Divulgação

Me surpreendi com o documentário sobre o naturalista e conservacionista George Schaller: “The Nature’s Greatest Defender.” Um grande exemplo de alguém que se dedica integralmente para vivermos em um mundo melhor.

Desenvolver novas estratégias para o desenvolvimento sustentável que impeçam ainda mais degradações ambientais é o grande desafio do homem. Afinal, como bem disse o próprio George Schaller, “Não podemos sustentar outro século como este”.

O desmatamento de florestas, derretimento do gelo nos pólos, a poluição dos oceanos e outras interferências ameaçam todas as espécies, inclusive o homem, pois favorecem aparecimento de doenças e epidemias. Segundo a OMS, as temporadas de inundação e de seca provocam uma série de doenças, entre elas, surtos de diarréia, malária e meningite, que atingem milhões de brasileiros.

Ainda falta muita conscientização sobre o assunto, que circula muito bem no meio acadêmico, porém ao aborda-lo com o grande público os meios de comunicação de massa ainda são falhos.

É preciso questionar tudo o que se produz e os seus impactos. Para quem acha isso papo de ecochato só posso afirmar: Quem não respeita o meio ambiente não respeita a si mesmo!

Última atualização em Quarta, 31 Outubro 2012 12:51

Acessos: 3324

Meditação no mantra OM

Meditação no mantra OM

“Um novo estudo, realizado na Suíça (College Newtton Freedman), afirma que a meditação pode combater de forma eficaz a depressão, a ansiedade e a esclerose múltipla. Na maioria dos casos, os pacientes com esclerose múltipla, sofreram com ansiedade e depressão durante suas vidas. A esclerose múltipla afeta o sistema nervoso de uma pessoa, causando fraqueza muscular, problemas na coordenação motora e no equilíbrio, além de problemas relacionados a memória.

A pesquisa comparou pacientes com esclerose múltipla que meditavam e pacientes com esclerose múltipla que não meditavam. Os pacientes que tinham o hábito de meditar relataram níveis mais baixos de depressão e ansiedade por um longo período de tempo, ao contrário dos pacientes que não meditavam. Também foi relatada uma melhora significativa na qualidade de vida dos pacientes que meditavam regularmente.”

O Poder do OM

Como dizem os sábios indianos: "a eficácia psicoterapêutica do OM é considerada sem limites". O mantra é um grande purificador e elimina a ansiedade e tensões. 

De acordo com o Mandukya Upanishad, “OM não é uma palavra, mas sim uma entonação que, como música, transcende as barreiras de espécie, idade, raça e cultura. É composto de três letras sânscritas, aa, au e ma que, quando combinados, fazem o som Aum ou Om. É um mantra ou oração em si mesma. Se repetido com a entonação correta, ele pode ressoar por todo o corpo para que o som penetre até o centro do ser”.

A Visão do OM

Durante a meditação, quando entoamos OM, nós criamos dentro de nós uma vibração que  se harmoniza com a vibração cósmica e começamos a pensar universalmente. A mente se move entre os opostos de som e silêncio, até que finalmente deixa o som. No silêncio, o pensamento – OM - se apaga; não há pensamento. Este é o estado de meditação onde a mente e o intelecto são transcendidos como Eu Individual e se funde com o Eu Infinito. 

Começo meu dia repetindo o mantra durante 5 minutos, em jejum, no meu quarto. Ansiosa e insone, que sempre fui, tenho observado como é benéfica esta prática quando é feita com regularidade.  Me ajuda a limpar a mente de pensamentos desnecessários, aumenta a minha concentração e a capacidade de lidar com o estresse da minha rotina.

Última atualização em Terça, 31 Julho 2012 11:59

Acessos: 3637